Imagem de gato pequeno na relva

Factos sobre parasitas

  • Num estudo recente, 10-30% de amostras de solo público estavam contaminadas com ovos de parasitas intestinais8.
  • Uma única fêmea de ascarídeo pode produzir até 100.000 ovos por dia2.
  • Uma recente pesquisa nacional demonstrou que 19% dos cães estavam infectados com ancilostomídeos4.
  • A Giardia é o parasita intestinal mais prevalente em cães10.
  • Em cachorros com menos de 3 meses de idade, a coccídia é mais prevalente que os nemátodos10.
  • Infecções por ténias são frequentemente visíveis. Um dos sinais é o aparecimento de segmentos de ténia parecidos com pequenos grãos de arroz nas fezes de animais.
  • Todas as pessoas devem estar atentas aos perigos que os parasitas intestinais representam, mas crianças, idosos e indivíduos imunodeprimidos correm um risco maior de se infectarem.
  • As pulgas podem transmitir ténias ao seu animal de estimação.
  • Um programa de protecção antiparasitária completo consiste em:
    • Prevenção/tratamento contra parasitas externos (pulgas, carraças, moscas, mosquitos, flebótomos, ácaros, piolhos) que podem provocar e/ou transmitir doenças graves (ex.: Leishmaniose, Dirofilariose, Febre da carraça, …) aos animais e nalguns casos às pessoas.
    • Prevenção/tratamento contra parasitas internos – nemátodos (lombrigas), céstodos (ténias) e protozoários – que podem causar problemas de maior ou menor gravidade aos animais e nalguns casos às pessoas.

Para mais informações clique aqui

  • Apesar de presentes nas fezes de um animal, os ovos de parasitas não são visíveis a olho nu.
  • Em apenas uma semana, 2 cachorros infectados por ascarídeos podem expulsar mais de 20 milhões de ovos, contaminando um quintal com 1.000 metros quadrados7.
  • Alguns ovos de parasita podem sobreviver no solo durante vários anos, mesmo em climas mais frios.

Tamanho da letra

-
+
Clicar para ajustar

Ferramentas da página

Pesquisar

Guia prático dos Parasitas Externos

O que é uma Zoonose?

Será que está em risco?

Procure um Veterinário

Procure um Veterinário

Inscreva-se já!

Livro do cão e do gato

Imagem de cão   Imagem de gato sentado

Geral 37/2016
Se deseja reportar um efeito secundário ou uma reclamação sobre qualidade, por favor contacte um profissional de saúde (por exemplo: o seu médico veterinário ou farmacêutico) ou a autoridade competente, DGAV. Pode também contactar-nos através da página Contactos (no canto superior direito deste site).
Última actualização: May 25, 2012

Copyright © Bayer Portugal